quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Dissertação da semana- alunas Adriana Castro e Isabella Menezes

Em todos os bimestres passo pelo menos uma dissertação aos meus pupilos.

Algumas me surpreendem.
Assim, decidi que começaria a publicar algumas dessas dissertações .
Segue a primeira de uma série, já que acho que meus queridos estão "mandando muito bem".

Tema: Revoluções Burguesas
Alunas: Adriana Castro e Isabella Menezes
Colégio Estadual Aurelino Leal. Turma: 2001

A Importância das Revoluções Burguesas para a vida Cotidiana Atual

     Durante o século XVII, mais precisamente entre 1640 e 1688, a Inglaterra foi abalada por um processo revolucionário de grandes proporções. Tratou-se da Revolução Inglesa de 1640/60, cujo desdobramento foi a chamada Revolução Gloriosa, de 1688. De maneira simplificada e em termos gerais apresentava várias características: emergência de uma pequena e média nobreza rural, dedicando-se ao comércio, às manufaturas e às atividades financeiras, ânsia por transformações estruturais que lhes abrissem o caminho para maiores lucros,a prosperidade e a ascensão política.

     Entre 1640 e 1642 houve a Grande Rebelião, momento em que o parlamento, representando as aspirações da gentry e da burguesia, revoltou-se contra o rei Carlos I e suas tendências absolutistas. Evidenciou-se, nesse contexto o conflito entre o parlamento e a monarquia absolutista dos Stuart, dinastia que governa a Inglaterra desde 1603. Esse conflito foi consequência de uma prolongada disputa pela supremacia do poder político.

     Em 1688 a 1689, na Revolução Gloriosa, com a queda de Jaime II, triunfou a ideologia liberal e caminhou-se na direção de uma “conciliação política”. O Antigo Regime e a Revolução, apresentaram uma lúcida interpretação do significado da mudança radical acontecida na França em 1789 e que, segundo especialistas no tema, dada a metodologia usada na sua elaboração, ainda pode ser considerada atual.

     A interpretação feita por pessoas que presenciaram os acontecimentos ocorridos em 14 de julho de 1789 é muito interessante é importante para que se tenha, nos dias de hoje, um melhor entendimento sobre o significado histórico e a real dimensão do simbolismo dessa data. Nas atuais eleições com influência nas decisões do passado, nós temos o direito de votar em quem quisermos, tanto faz seja homem ou mulher, hoje em dia o direito é igual para todos.

     Na época da Revolução Francesa a economia era basicamente agrária e artesanal. A Revolução Industrial determinou a separação entre capital e trabalho, a economia na Revolução Industrial era o sistema das fábricas, que visava maximizar os lucros da capitalista. Isso foi possível devido aos seguintes fatores: rigorosa hierarquia de funções; vigilância constante e penalidades aplicadas àqueles que a desrespeitavam. Essa nova realidade determinou, também, a alienação do trabalhador, alienação essa provocada pelas novas condições de trabalho.

     O surgimento da ideologia socialista nasceu como uma resposta do mundo ao trabalho as precárias condições de vida do nascente proletariado. Essas condições foram objeto de denúncia e de questionamento não apenas por parte de teóricos, mas também por parte de muitos artistas, escritores e poetas que em suas obras, sensibilizados com essa questão, conseguiram captar de diversas maneiras, a nova realidade nascida da ordem capitalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Passando por aqui, deixe seu comentário. Obrigada

Ocorreu um erro neste gadget